segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Mornidão


Não venta
Não faz calor
Não faz frio
Mar sem ondas
Dias sem tardes
Comida sem sal
Matas sem verde
Jardins sem flores
Olhar sem visão
Toque sem sentido
Boca sem teu beijo
Amor sem paixão
Paixão sem você
Eu, sem teu desejo

4 comentários:

  1. Existem pessoas que viram pedaços de nós.

    Obrigada por soltar as linhas pelos meus ares!

    Bonito o teu cantinho!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. As vezes ficamos assim, né?
    um beijo!!!!

    ResponderExcluir
  3. Muy bello poema un poco nostalgico, pero muy bien plasmada cada letra.
    Besos que tengas una linda semana.

    ResponderExcluir
  4. Assim como faltando um pedaço, sem chão firme para pisar.Um vazio imenso,quando nos falta as coisas que amamos.Linda poesia Valeria.Bela inspiração.Abraço de paz.Bju de luz nos seus dias.

    ResponderExcluir