domingo, 31 de outubro de 2010

Sozinha - contos mínimos XII



O sono saiu pela janela

A saudade entrou pela porta e pôs-se a ver televisão com a insônia.

Ela, que não expulsara nem convidara ninguém, fez sala.


4 comentários:

  1. Ok. Amei tua sabedoria e criatividade... Ficou lindo e expressivo!!! Amiga, carinhnos meus a ti... Bjsss

    ResponderExcluir
  2. (...) E meus pesadelos insistiam em passar as noites comigo... Não queria fazer desfeita, mas já estava ficando tarde e eu realmente precisava dormir. Mas eles não me deixavam. E a cada dia quando eu acordava, me davam bom dia e se sentavam na minha mesa para tomar café.

    Adorei o post!.. Uma ótima semana a vc, cheia de inspiração e sonhos..!

    ;)

    ResponderExcluir
  3. E aí surgiu este texto. Maravilha!!!!!!

    ResponderExcluir